Mateus 1:18-25

Ela dará à luz um filho e lhe porás o nome de Jesus, porque ele salvará o seu povo dos pecados deles. —Mateus 1:21

1 Reis 14–16

O que torna um nome tão especial para nós? Comecei a pensar sobre isso após conversar com uma adolescente no lado de fora de sua igreja na Jamaica, numa manhã de domingo. Ela perguntou: “Você mencionaria meu nome no Nosso Andar Diário?”. Perguntei-lhe se tinha uma história a contar e ela disse: “Não, apenas mencione meu nome.”

Enquanto pensava em seu pedido — e em seu nome —, questionei-me por que seus pais escolheram o nome Joyeth (intensa alegria). Ver a natureza feliz da personalidade dela fez-me concluir que, se a lógica deles tinha sido instigá-la a ter “alegria” em sua vida, eles tinham sido bem-sucedidos.

A maioria dos pais tem essa escolha quando um novo bebê está a caminho. Mas, um bebê recebeu Seu nome de uma maneira muito diferente. O Seu nome não foi escolhido por Seus pais, e nem para influenciá-lo por um traço de personalidade. Refiro-me àquele cujo nome foi dado por um anjo que disse aos Seus pais para lhe darem “…o nome de Jesus…” Por quê? “…porque ele salvará o seu povo dos pecados deles” (Mateus 1:21).

Não admira que Seu nome esteja acima de todos os nomes (Filipenses 2:9). Esse é um nome que revela Seu propósito e traz salvação da penalidade por nossos pecados. Jesus é, de fato, o nome que merece menção.

Jesus: Seu nome e Sua missão são uma coisa só.