Mateus 6:5-15

…o pão nosso de cada dia dá-nos hoje. —Mateus 6:11

Atos 22–24

No ano de 1924, um garoto chamado João Wooden, que adorava jogar basquetebol, terminou a oitava série em uma pequena escola rural. Seu pai, rico em amor, mas sem dinheiro suficiente para um presente de formatura, lhe deu um cartão em que escrevera seu próprio credo de sete itens e incentivou-o a começar a segui-los diariamente. Três deles eram: Beba profundamente de bons livros, especialmente da Bíblia. Faça de cada dia sua própria obra de arte. Ore pedindo orientação e dê graças pelas bênçãos todos os dias.

Jesus, na oração que frequentemente chamamos de a Oração do Senhor (Mateus 6:9-13), nos ensinou a nos aproximar do nosso Pai celestial diariamente; e isto não é algo para ser dito uma vez e esquecido. Por meio da oração, oferecemos louvor a Deus (v.9); buscamos Seu reino e Sua vontade (v.10); confiamos em Sua provisão (v.11); e pedimos por Seu perdão, poder e livramento (vv.12-13).

Ao longo de toda a sua vida, João buscou a força do Senhor para viver cada dia para Ele. Ele se tornou tricampeão de basquetebol universitário norte-americano e um dos maiores técnicos universitários de todos os tempos. Quando morreu aos 99 anos, o técnico João Wooden foi homenageado principalmente por seu caráter, sua fé e pelas muitas vidas que influenciou.

Pela graça de Deus, que nós possamos fazer de cada dia a nossa obra de arte para Ele.

Envolver-se com Cristo é um chamado diário.